Festival da… canção?!

Porque é que somos tão maus no Festival da Canção?

Esta é uma questão que me intriga desde há uns anos. Confesso que não percebo porque é que a RTP voltou a produzir o pior da música nacional, neste 43º Festival da Canção, que mais não foi do que um chorrilho de horrores e ruídos lamentáveis apresentados ao país inteiro no passado sábado, na RTP1. Mais um episódio lamentável, sem explicação ou compreensão possível.

Os apresentadores Jorge Gabriel e Isabel Angelino mostraram-se sem à-vontade e cumplicidade, com atropelos constantes e constrangedores. Os convidados e humoristas picaram o ponto sem história, nem graça (Nota: até tiveram momentos com piada!). Os concorrentes, esses, apesar do esforço estiveram (mesmo) mal.

E nem Melo D, nem os Corvos ou Henrique Feist salvaram a honra à cena televisiva. Para cúmulo dos cúmulos, e por decisão dos portugueses, acabou por vencer a canção mais pimba e medíocre da noite (Nota: acreditem, havia pior!), «Dança comigo/Vem ser feliz», interpretada por uma loura e vivaça Sabrina. (Nota: da autoria de Emanuel…)

Quando soube do resultado confesso que me enfureci por saber que continuamos a apresentar lá fora – desta vez no dia 10 de Maio, em Helsínquia, na Finlândia – estas «poucochinhas» como representantes da música e cultura portuguesa.

Desliguei a televisão e tive um ataque, não cardíaco, mas saudosista, ao recordar os velhos tempos do Festival. E lembrei-me de inúmeros intérpretes que já deram bom nome ao Festival: Paulo de Carvalho, Sara Tavares, Dulce Pontes, Adelaide Ferreira, os Da Vinci e nem a Dora faltou na lista…

Mas isto é passado e parece-me que não vale a pena esta insistência da RTP por recuperar um formato que já foi ultrapassado, por força dos tempos e das vontades, e que actualmente tresanda a piroso, bafiento e amador. Aquilo já não dá boa televisão! Estou errado?

Bernardo Mendonça in Repórter LX

Quem sabe a nossa Sabrina não faz boa figura por lá e até consegue uns pontitos?! Afinal quem tem ganho nos anos anteriores a Eurovisão são os cantores “pimbas” e “esquisitos” lá do país deles (salvo raras excepções!). E recordem-se do ano passado… Black Metal!?

E a nossa música é “festivaleira”. E fica no ouvido… Fica até demasiaaaaaaaaaaaaaaaaado no ouvido!! E é em português.

Mas o que me custa mais é que, eventualmente, esteja lá alguém (ou em casa a ver!) que possa pensar que aquilo é o que de melhor se passa no panorama musical deste nosso cantinho! Isso é o que me dói!

Technorati Tags: , , ,

Anúncios

4 comments

  1. Tens toda a razão! O que eu questiono mais é o facto de se participar pois está visto que Portugal tem tantas probabilidades de ganhar o Festival da Eurovisão como o mar dar batatas!
    Parabéns pelo blog, é a minha 1ª visita!

  2. Tens razão em dizer que isto não é o melhor da musica portuguesa. Mas é o que o povo ouve!! E depois o festival não foi assim tão mau. Para dizeres isso, de certeza que não ouviste a Teresa Radamanto. Não sejamos assim tão pessimistas…

  3. 1º O que considera música Pimba? É que eu Pimba, só conheço uma cançao do Emanuel que por acaso é o produtor da canção que nos vai representar no Festival. E diga lá…você também conhece, não conhece??? :):) Toda a gente conhece. É como a música do Marco Paulo! Todos a sabemos cantar, mas temos vergonha de assumir.

    2º Sabe qual foi a canção portuguesa mais bem classificada até hoje nos festivais da eurovisão?

    3º As pessoas são livres de gostar e de ouvir aquilo que querem, mas estes comentários traduzem bem o que é o nosso país. “provamos” e ” comemos” tudo o que vem de fora, mas o que é português raramente presta, com excepção da Mariza, Filarmónica Gil, etc…etc… ( música que eu gosto e cantores que respeito ). A canção vencedora é do Emanuel( que chatice). Não costumo ouvir, mas até acho o senhor simpático, com carácter e parece-me que até percebe da “coisa”. Então vamos dizer mal, pois porque bem vistas as coisas, se a música fosse de outro produtor ( dos que lá estiveram) provavelmente não seria assim tão má, agora do Emanuel????
    Pode de facto não ser o melhor que se faz em Portugal, mas também não é o pior e se fizermos a tradução de algumas músicas estrangeiras que achamos um espectáculo, então vai ver mesmo que até nem estamos assim tão mal.

    Quanto à Sabrina!!!! Olhe…que faça o melhor que sabe!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s