Anda a trabalhar demais? Cuidado!

Os gerentes de uma editora estão a tentar descobrir, porque ninguém notou que um dos seus empregados estava morto, sentado à sua secretária, há cinco dias.

George Turklebaum, 51 anos, que trabalhava como Verificador de Texto numa firma de Nova Iorque há 30 anos, sofreu um ataque cardíaco no andar onde trabalhava (open space, sem divisórias) com outros 23 funcionários.

Ele morreu tranquilamente na segunda-feira, mas ninguém notou até ao sábado seguinte pela manhã, quando um funcionário da limpeza o questionou, porque ainda estava a trabalhar no fim de semana.

O seu chefe, Elliot Wachiaski disse:

“O George era sempre o primeiro a chegar todos os dias e o último a sair no final do expediente, ninguém achou estranho que ele estivesse na mesma posição o tempo todo e não dissesse nada.” “Ele estava sempre envolvido no seu trabalho e fazia-o muito sozinho.” ???:

A autópsia revelou que ele estava morto há cinco dias, depois de um ataque cardíaco.

Noticia publicada recentemente no New York Times

 

Office1

Moral da história:

Não trabalhe demais. Ninguém nota mesmo…

Sugestão:

De vez em quando acene aos seus colegas de trabalho. Certifique-se de que eles estão vivos! Sempre que virem alguém parado por mais de 5 minutos atirem-lhe qualquer coisa, ou quando chegarem aos empregos e já lá estiver alguém a trabalhar, dêem-lhe um encontrão… Não vá o colega ter quinado!

Anúncios

7 comments

  1. se calhar ainda fizeram fofoca a dizer que o pobre andava a fazer horas extra para agradar ao chefe… lol
    lá pelo meu “open space” ninguém pára… especialmente desde que lá nos ofereceram umas bolinhas de borracha daquelas “anti stress”… é cada trolitada nos colegas!… é vê-las a voar pelo “open space”… :))

  2. Está demais! Como é que é possível? Incrível como quando não há interesse a vida dos outros nos passe tão ao lado… somos muito egoístas!
    Continua assim… Está muito bem o Blog.
    Beijinho Bommm

  3. BionRJ, Conde De Venardis, Watchdog, Manuela, Mãos de Veludo e Rita:

    Nos dias de hoje, cada vez mais vivemos virados para nós sem reparar o que se passa à nossa volta.
    É triste e parece-me que será cada vez pior.
    Somos uns simples estranhos para os outros…

    Obrigado pela visita. Voltem sempre!
    Abraço!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s