No futuro, seremos todos bissexuais

Durante uma conferência, neste fim-de-semana na região da Toscânia, Umberto Veronesi, médico e ex-ministro da Saúde, afirmou que a espécie humana deve caminhar para a bissexualidade «como resultado da evolução natural das espécies».

«O homem está a perder as suas características e tende a transformar-se numa figura sexualmente ambígua, enquanto a mulher está a tornar-se mais masculina. Desta forma a sociedade evolui para um modelo único», afirmou Umberto Veronesi.

Na opinião do médico, o sexo no futuro será apenas um gesto de demonstração de afecto e não terá fins reprodutivos. Por esta razão, defende que deve poder ser praticado entre pessoas de sexos opostos ou não.

Em entrevista a jornais italianos, Veronesi reafirmou sua teoria, apontando o factor hormonal como indicador da evolução rumo à bissexualidade.

«Desde o pós-guerra que a vitalidade dos espermatozóides diminuiu 50 por cento porque as mudanças das condições de vida estão a fazer com que a hipófise produza cada vez menos hormonas andróginas (masculinos)», afirma o oncologista, pioneiro no tratamento de cancro da mama na Itália.

«O homem já não precisa de uma intensa agressividade física para sobreviver», diz ele.

Com as mulheres, que têm papel cada vez mais activo na sociedade, acontece o mesmo.

Segundo o médico, as mulheres tem produzido cada vez menos hormonas femininas ao longo dos anos.

«É o preço que se paga pela evolução natural da espécie, que é positivo porque nasce da busca pela igualdade entre os sexos», afirmou o oncologista ao jornal Corriere della Sera.

A menor produção de hormonas acabaria por atrofiar os órgãos reprodutivos criando uma espécie de «preguiça reprodutiva», na avaliação de Umberto Veronesi. Para o médico o sexo deixou de ser a única forma para procriar desde que as novas técnicas foram criadas, como a fecundação artificial e a clonagem.

Na opinião do médico, num futuro não muito próximo, a sociedade poderia ser organizada como o mundo das abelhas. A maior parte dos seus membros seria praticamente assexuada e só uma pequena parte se dedicaria à reprodução.

«A diferença é que os homens são inteligentes e isto produz reacções sentimentais, além de fisiológicas», afirmou Veronesi.

A professora de sexologia da Universidade La Sapienza de Roma, Chiara Simonelli, concorda com as previsões de Umberto Veronesi.

Simonelli define este processo como resultado da evolução genética e da mudança de mentalidade, fenómenos que estão interligados e que se influenciam reciprocamente,

«Mas este fenómeno está no princípio. Para que tenha uma certa consistência é preciso esperar duas ou três gerações», afirmou Simonelli em entrevista ao Corriere della Sera.

O antropólogo Fiorenzo Facchini, da Universidade de Bolonha, discorda com a teoria da evolução natural para a bissexualidade.

«Do ponto de vista antropológico, a orientação sexual é definida a nível biológico pela espécie e isso não pode ser alterado».

Para Facchini, a separação entre reprodução e sexualidade humana não é positiva.

«Separar a reprodução da sexualidade e do núcleo familiar não pode ser visto como uma vantagem para a espécie humana. A reprodução não é apenas o encontro de gâmetas, implica uma relação entre duas pessoas», declarou Facchini ao Corriere della Sera.

in Sol

la-maxmen-evolucao

Ainda bem que estas coisas da evolução demoram (muito!) tempo a… "revelar-se"! 8-)

Technorati : , , ,
Del.icio.us : , , ,
Ice Rocket : , , ,

Anúncios

9 comments

  1. E é bem provável que aconteça. Quero dizer, acredito que o sexo entre pessoas do mesmo gênero seja visto como algo mais natural e comum. Porém, não será a maior parte da população. Só acho que será mais liberal, mas a parcela de bissexuais ainda será menor.

  2. tudo é possível, mas firmemente creio que nao tera tanto significado a preferencia individual bem como o sexo nao tera tanta importancia mediatica.
    Todas as “revistas para mulheres” tem essa secçao; essa e a de dietas….
    xi

  3. bom essa tese é um pouco assustadora, penso que de facto não será asssim porque o homem não pode ser confundido com as abelhas, temos inteligência e sentimentos

  4. Acredito que no futuro próximo isso venha a ocorrer….
    a exemplo podemos ver um número cada vez mais crescente de gays pelo mundo todo.
    Enfim eu pelo menos não to vivo até la,mais seria meio estranho viver dessa maneira.
    Fazer o que!É a evolução da espécie!

  5. Concordo plenamente com esse cientista, essa é uma teoria que alimento a alguns anos, e que na minha concepção têm muito a ver com a evolução das espécies, além da desconstrução de “verdades” forjadas a preconceitos descabivéis, insanos. Se vcs machões homofóbicos não acreditam que essa teoria dê certo. Imaginem-se num quarto escuro, sendo beijados pelo um homem sem saber ser alguém do se gênero, analisem as sensações, serão as mesmas. Se mamãe, papai, gato e cachorro não dissesse que é errado, comcerteza daria um lindo romance haaaaaaaa. PENSEM NISSO!!

    VIVA A BISSEXUALIDADE COMO CONDIÇÃO
    REPRODUÇÃO COMO UM MEIO!!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s