Será o Benfica um clube «gay» em processo de saída do armário?

3 09 2007

Uma sucessão mais ou menos recente de pequenos e médios acontecimentos vem colocar em cima da mesa sérias e reais dúvidas sobre a sexualidade de uma das mais sólidas instituições nacionais: o Glorioso SLB.

À partida, não parece haver dúvidas. O Benfica é macho, tal como os seus principais rivais, o Porto e o Sporting. Tudo homens. Mas…

Chegados aqui, acho indispensável declarar que apesar de ser portista encartado, não quero mal aos seis milhões de benfiquistas, alguns dos quais excelentes pessoas, dotadas com bons princípios e ainda melhor gosto, (…).

Nada disso. O que eu pretendo é, tão só e desinteressadamente, ajudar a decifrar a verdadeira identidade de um clube amado por 60% dos meus compatriotas. Não há nada como estarmos de bem connosco próprios.

Antes de mergulhar neste assunto premente, sinto a necessidade de estabelecer, urbi et orbi, a verdade universal que não há mal nenhum em ser mulher (antes pelo contrário, do meu ponto de vista).

O Mundo move-se e a Humanidade reproduz-se com base na existência dos dois géneros, o masculino e o feminino.

Um clube de futebol ser mulher não é, em si, nada de mau, convençam-se disso, meus preclaros amigos benfiquistas.

Ponham os olhos na Juventus que além de ser mulher é velha (os iniciados tratam-na carinhosamente por «Vecchia Signora») e não é por isso que os parentes lhe caem na lama e deixa de ser um dos mais prestigiados clubes do Mundo, equipado com um curriculum de conquistas mais extenso, profundo e variado do que o Glorioso SLB.

Mais. A Juventus foi o primeiro clube de primeira grandeza em todo o Mundo a assumir a sua feminilidade no equipamento dos jogadores, usando com raro desassombro um cor de rosa integral na camisola alternativa.

Que fique bem claro que nada me move contra o rosa, cor de que gosto muito, acho-a muito chique, além de que não podia estar mais na moda. Mas não nos podemos esquecer de que não é por acaso que os bebés se vestem de cor-de-rosa se forem meninas e de azul se forem rapazes…

Recentes estudos científicos demonstram mesmo que esta escolha corresponde a uma atracção genética das mulheres pelo rosa e dos homens pelo azul.

À luz destas verdades, ganha particular relevância a escolha pelo SLB do cor-de-rosa para o equipamento alternativo e o estrondoso sucesso que esta camisola está ter junto dos adeptos do Glorioso, que se precipitaram para as lojas comprando-as aos milhares.

Não podemos fechar os olhos a esta crua realidade. Quer a direcção quer os adeptos do SLB estão a assumir o lado feminino do clube que amam e estão satisfeitos com isso. Um ponto muito positivo. Pior seria se entrassem numa de negação.

A OPA de Joe Berardo e as suas declarações que tumultuaram o balneário do clube, são evidências de que o pândego madeirense assume que o clube é mulher. Outra explicação não arranjo para o facto de o querer fecundar (é o verbo mais educado que arranjo para descrever as intenções do empresário face ao Glorioso). A alternativa é achar que o Joe é «gay», mas os indícios disponíveis apontam claramente na direcção contrária.

Agora perguntam-me: Como é que o Joe descobriu que o Benfica é realmente a Benfica?

E eu respondo: Através do seu infalível instinto, que lhe permitiu enriquecer, apesar das suas óbvias dificuldades de expressão constituírem um sério «handicap».

Subjacente à recente troca de treinador está – de acordo com os meus amigos mestres na arte e ciência da Psicologia – a instabilidade própria de um perturbado espírito feminino.

Outra explicação não se encontra para o despedimento de um treinador como Fernando Santos que há 15 dias venceu o prestigiado Torneio do Guadiana, completou uma dúzia de jogos sem perder para o campeonato e ganhou em casa o primeiro jogo da pré-eliminatória da Liga dos Campeões, isto para já não falar de feitos passados como o facto de se ter coberto de glória ao vencer nas grandes penalidades o Torneio do Dubai.

Claro que o bom católico Santos foi trocado por Camacho, um treinador que ostenta um honroso curriculum (uma Taça de Portugal e dois segundos lugares no campeonato, atrás do FC Porto) na sua anterior passagem pelo Glorioso e tem o nome inscrito no Guinness por acumular duas passagens mais meteóricas pelo comando técnico do Real Madrid.

Esta troca tresanda a feminilidade por todos os lados. Jorge Nuno Pinto da Costa, o presidente dos azuis, evidenciou, por contraste, a típica teimosia masculina ao manter Santos por três anos consecutivos no FC Porto, apesar de ele ter falhado o «hexa» com Jardel no melhor momento da sua forma e a marcar golos de todas as maneiras e feitios.

Penso que não será necessário entrar pela demonstração das tendências masoquistas alardeadas pela extremosa massa associativa do Benfica para estabelecer que o Glorioso é efectivamente a Gloriosa.

Esta assunção terá o condão de por o SLB em perfeita sintonia e harmonia com o sexo da zona onde tem implantada a sua catedral (a Luz), o seu ícone (a águia) e a sua cidade (Lisboa).

Nesta altura, devo confessar que as primeiras dúvidas sobre a sexualidade do Benfica me começaram a surgir no espírito quando soube que a antecessora da águia Vitória era efectivamente um milhafre.

Esta troca de águia por um milhafre pareceu-me imediatamente reveladora de um indisfarçável mal estar do clube com a sua própria sexualidade.

Parece-me que o Benfica está no bom caminho e que em vez de persistir em simular-se macho e esconder-se atrás do biombo de uma alegada homossexualidade, deve seguir o caminho da Filipa, o filho de Nené que optou por se assumir como a filha do Nené, o glorioso e pipi ponta de lança que marcava que se fartava sem nunca sujar os calções brancos.

Ninguém pára o Benfica!

benfica-corderosabenfica-corderosabenfica-corderosabenfica-corderosabenfica-corderosa

Se fosse benfiquista, preferiria que o rosa não fosse tão desmaiado. Mais. Acho que a banda cinzenta não está lá a fazer nada.

Jorge Fiel in Roupa para lavar

Technorati : , , ,
Del.icio.us : , , ,
Ice Rocket : , , ,
Flickr : , , ,

Advertisements

Acções

Information

15 responses

3 09 2007
Fabio

Bom, só posso dizer uma coisa: o atual campeão do mundo é vermelho
E tchê, nada como ser campeão do mundo.
😉

Abração!

3 09 2007
WebDesigner

Grande análise e extremamente bem argumentada, já desconfiava, mas após esta explanação, não há que ter dúvidas 🙂

3 09 2007
Manuel Reis

Sim, o Benfica é gay.

4 09 2007
Manuela

Com essa análise e esse facciosismo acabas de descer uns pontos na minha consideração… não que isso te importe, muito provávelmente não importa nada, mas deixo o registo! penso que é até de muito mau gosto essa alusão a gays e mudanças de sexo por causa de uma camisola cor de rosa. homem que veste cor-de-rosa é gay? não sabia…

4 09 2007
r.filgueira

realmente bastante infeliz o seu post…

4 09 2007
stretx

Não te critico por essa visão quadrada e fechada do mundo que te rodeia. Quando crescemos percebemos quanto eramos ridiculos há 10 anos atrás.
Aconteceu comigo e vai acontecer contigo tal como é com todos nós.

Fica bem!

4 09 2007
stretx

Ah. Deixo-te uma opinião: O Benfica pode não ganhar nada e nada ganhar, descer de divisão, enfim, o pior… A paixão Benfiquista faz parte dos livros do guiness e é isso que as pessoas procuram – o amor, a emoção de viver o Benfica.

4 09 2007
stretx

Vê lá bem que o FCP quando é campeão entoa canticos de desprezo pelos rivais em vez de festejar a sua própria alegria

4 09 2007
stretx

Acabei de ler o artigo finalmente e posso dizer-te algo: O FCP concerteza é bissexual pois tanto paga viagens a árbitros como paga putas a auxiliares… As escutas existem, não são válidas mas o material que lá está é elucidativo das vitórias viciadas e da interferência com os resultados dos outros clubes…

Ainda estarei de pé quando a verdade vingar.

Antes derrotado do que atentar contra o verdadeiro espírito do desporto – como por exemplo incendiar os adeptos do Porto com declarações à Pinto da Costa para que depois partam todas as estações de serviço por onde passam se perderem ou, se ganharem!

4 09 2007
G

Calma, pessoal!
Só coloquei este texto por achar que era uma visão interessante (?) e bem humorada.
Não tenho nada contra as opções sexuais de ninguém, antes pelo contrário. O preconceito é das piores caracteristicas do ser humano! Mas também acho que levar a mal “piadas” sobre determinados assuntos só aumenta a marginalização em relação aos próprios.
Mas o post pareceu-me pertinente por todas as piadas que se criaram em relação ao novo equipamento do Benfica. 🙂
Não queria irritar ninguém… Logo eu que ligo tão pouco a futebol!
Parece que “mexer” com o SLB levanta logo grandes ondas…
Mas continuo a achar o post com muita piada!
Desculpem lá…

Obrigado pelos comentários. Voltem sempre!
Abraço!

4 09 2007
stretx

Não tem a ver com clubismo. Mas o facto, no meu caso, é que penso que o futebol reflete o actual estado do país – infelizmente é tudo mentiras e ilusão que deprime a malta todos os dias. Logo se falamos de futebol estamos a atingir no peito toda a revolta que existe em relação aos mais diversos assuntos. O futebol é um catalisador de fortes paixões e um mecanismo de identificação social. Li um artigo sobre o Red Bull Air Race que dava conta da afluência da multidão como escape da realidade que se vive – cada vez mais difícil de suportar.

PS. Os portugueses precisam de se revoltar, de se manifestar, de debater e de tomar atitudes que comecem a colocar em causa as decisões e os comandos políticos.
Benvindos ao mundo da gestão ruinosa e descalabrosa!

Isto é a minha opinião.
Abraço para ti. Tens aqui um excelente sítio

Fica também o meu:
http://littleitaly.wordpress.com

4 09 2007
António Sabão

CaGAY, nem sou benfiquista 😉

4 09 2007
r.filgueira

PORTOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO

4 09 2007
Biohazard

Stretx:

Falas bem quando dizes que os adeptos benfiquistas querem é recordes no Guiness (é engraçado dizeres isso e falares do estado do país, quando em Portugal e mais do que nunca se tenta em toda a parte bater recordes miseráveis e insignificantes só para terem os seus 5 minutinhos de fama). O benfica deve ser o clube que mais adeptos deixa à beira do desespero pelas suas constantes conquistas de lugar a meio da tabela do campeonato nacional.

Concordo no que toca à corrupção, qualquer clube que seja, que deve ser punido.

Agora, nota-se que o amigo ficou muito tocado aí com o assunto, não fosse tão óbvio que és benfiquista…

9 04 2010
italo liverpool

é o clube europeu mais gay que existe principalmente por que tem as bixas de, Bi Maria, Oscar cardoso e a Bixona Alta(Luizão)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: