iPhone é a melhor invenção do ano

O iPhone, telefone multimédia da Apple lançado nos EUA em meados de 2007, foi eleito pela revista ‘Time‘ como a invenção do ano. Entre os motivos listados pela publicação para justificar a sua escolha estão a beleza do aparelho, o facto da sua função touchscreen (sensível ao toque) realmente funcionar bem, possibilidade de ele abrir caminhos para telefones melhores e também o facto de não ser um telefone, mas sim uma plataforma.

Divulgada anualmente em Novembro, essa lista tem as melhores invenções de diversas categorias – muitas delas ainda não disponíveis no mercado – e sempre elege uma como destaque. (…)

“É difícil digitar nele. É muito lento. É muito grande. Não tem comunicador instantâneo. É caro. Não é compatível com o e-mail do trabalho. É preso à AT&T. E estamos cansados de falar nele”, afirma a “Time”, antes de divulgar todas as vantagens acima, que a levaram a escolher o iPhone. Por isso, conclui, os pontos positivos ainda têm mais peso quando se analisa o aparelho.

Para a revista, a empresa de Steve Jobs leva o design tão a sério quanto a tecnologia. “Pequenos detalhes do aparelho fazem com que o iPhone seja usável num mundo cheio de aparelhos inúteis. Ele fala a sua língua”, afirma a publicação, que também elogia o fato de a Apple saber como utilizar a tecnologia touchscreen.

Segundo a “Time”, a Apple não inventou nem reinventou a tela sensível ao toque. Mas soube muito bem usar essa função para criar uma nova interface, dando ao usuário a ilusão de que ele está realmente manipulando fisicamente os dados nas suas mãos. Essa é uma nova forma de se relacionar com os computadores – veja o sucesso do Nintendo Wii, sugere a publicação.

Entre as vantagens, continua, também está o facto de a parceria entre o fabricante e uma operadora de telemóveis ter dado à Apple liberdade para criar um aparelho com as especificações da AT&T. “Agora, outras fabricantes estão com ciúmes. Elas querem a mesma liberdade. E isso representa telefones melhores e mais inovadores para todos”, diz a “Time”.

Além disso, tem o facto de o multimédia da Apple possuir um sistema operacional, o que faz dele um computador portátil. Segundo a revista, uma das grandes tendências de 2007 é a ideia de que a computação não pertence somente ao ciberespaço: ela precisa acontecer aqui, no mundo real, onde coisas reais acontecem. E o iPhone cumpre esse papel, com aplicações como o Google Maps, que divulga mapas de ruas quando o usuário realmente precisa dessa informação. (…)

in Globo.Com


Technorati : , , , ,
Del.icio.us : , , , ,
Ice Rocket : , , , ,
Flickr : , , , ,

Anúncios

3 comments

  1. Bom eu Queria Ganhar um iphone pois estou presisando.Já que é o iphone é a maior invensão do ano e eu gostaria de ganhar um pois Minha mãe é a unica que não tem celular em casa pq ela não tem condições para comprar um.Por isso que eu queria ganhar um pra eu dar pra ela!
    Esse iphone é uma invensão que eu nunca vi igual!!!
    Thauu

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s