Imposto sobre a beleza

Gonzalo Otálora, escritor argentino de 31 anos, já tem simpatizantes em frente à sede da presidência argentina, exigindo a criação de um imposto a pagar pelas pessoas a que a sociedade chama ’bonitas’.

O artista, que se inclui nos esteticamente menos favorecidos, pretende suscitar o debate quanto à valorização da beleza na Argentina em sectores como a política, a economia e a educação.

Gonzalo Otálora diz mesmo que a medida minimizará o «sofrimento» dos seus pares, e que se sente também ele discriminado e com direitos limitados por não ser bonito.

Um «paliativo», defende o escritor, que propõe um debate alargado em torno de temáticas como a violência psicológica nas escolas, a representação de diversas constituições físicas nos desfiles de moda ou a selecção para empregos usando a aparência como critério discriminatório.

Em Feio – nome de um livro seu – Otálora relata na primeira pessoa as dificuldades dos ’feios’ no país das pampas: «A minha história é a de um miúdo que usava óculos e aparelho, sendo alvo de gozo pelos colegas da escola e rejeitado pelas raparigas nas festas. Tempos depois, quando procurava emprego, sentia-se tão feio e inseguro que não conseguia nada».

Gonzalo Otálora admite que a ideia «pode parecer uma loucura», mas já apresentou o projecto a Néstor Kirchner, presidente da Argentina, de quem espera alguma simpatia pela causa, por o considerar também «pouco atraente».

in SOL

11379422

Ora aí está um imposto de que o nosso governo ainda não se lembrou…

E se isto acontece, eu vou à falência!


Digg it! Compartilhar no Del.icio.us Adicionar ao Live Favorites Compartilhar no Google Bookmarks Compartilhar no Reddit Compartilhar no Ma.gnolia Compartilhar no Facebook Compartilhar no Technorati Compartilhar no Yahoo MyWeb Stumble It! Compartilhar no rec 6

Technorati : , , ,
Del.icio.us : , , ,
Ice Rocket : , , ,

Anúncios

4 comments

  1. Mas que estupidez!!! E imposto para falar não vai haver??? Vamos ser adultos e Racionais tá?!!

    Se chegar haver esse imposto cá, eu fico demasiado pobre, pensem porque…
    Abraço

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s