Espanha já pode cantar o hino

12 01 2008

O hino espanhol, até agora apenas instrumental, já tem letra. O autor é Paulino Cubero, un desempregado de 52 anos, cujo trabalho foi o eleito entre as cerca de 2000 propostas. “Fiz o hino para a pátria da classe média, das pessoas que apanham o metro para ir trabalhar”, disse Cubero à imprensa.

A letra do hino (ver em baixo) foi conhecida hoje cedo, depois de alguém ter filtrado a informação para o diário “ABC”. A notícia acabou por ser oficializada ao início da tarde de hoje, durante uma conferência de imprensa, pelo presidente do Comité Olímpico Espanhol (COE), Alejandro Blanco, que expressou o seu mal-estar pela “fuga de informação” porque, nas suas palavras, o texto merecia ter sido conhecido “com mais grandeza”.

A notícia do “ABC” acabou por precipitar os eventos, uma vez que a nova letra do hino deveria permanecer em segredo absoluto até dia 21 de Janeiro, dia em que será cantado por Plácido Domingo, em Madrid.

“O que eu queria era que toda a sociedade em geral, e o mundo do desporto, conhecessem a letra no mesmo dia. O problema não está no jornal que publicou a letra, mas na pessoa que passou a informação, que não sabemos quem foi”, afirmou Alejandro Blanco, declarando-se “para lá de chateado”.

Paulino Cubero, um manchego (oriundo da comunidade de Castilla- La Mancha) que se assumiu como um “perdedor”, indicou que desde sempre sentiu a necessidade de escrever. “Com a letra do hino quis reflectir a pátria tal como eu a entendo”, indicou aos jornalistas.

A ideia de escrever uma letra para o hino surgiu no seio do COE, que pediu a colaboração da Sociedade Geral de Autores Espanhóis (SGAE) com o intuito de se formar um juri que seleccionasse da forma mais adequada as candidaturas recebidas. “Esta ideia não foi uma palermice, e devia ter tido mais grandeza”, acrescentou Blanco.

A partir de agora começará um período de recolha de assinaturas para propôr que a letra do hino seja aprovada pelas Cortes como um iniciativa legislativa popular. É necessário que a proposta recolha pelo menos 500 mil assinaturas.

Letra recebida com pouco entusiasmo

A proposta vencedora foi recebida com pouco entusiasmo quer pelo cidadão comum quer pelos políticos. No espaço de comentários dos principais “sites” noticiosos muitos leitores indicam que preferem o hino sem letra. Afinal de contas, a Marcha Real sempre existiu apenas e só na versão instrumental. Contactada pelo PUBLICO.PT, Susana Ortega, uma jovem informática natural de Granada, indicou que a letra lhe parece “um pouco antiga” e não acredita que as pessoas venham a aprender a cantar o hino, considerando ainda que a letra poderá não agradar aos nacionalistas, “uma vez que em alguns casos eles não se consideram espanhóis”.

A proposta de Alejandro Blanco também parece não entusiasmar os políticos espanhóis. O líder do partido Izquierda Unida, Gaspar Llamazares, fez saber, citado pelo “El País”, que “a letra soa a antigo (…) Parece um hino do passado. Não é um hino do presente”. Por seu lado, a vice-presidente do Congresso, Carmen Calvo, desacreditou por completo a letra hoje tornada pública, apelidando-a igualmente de “antiga” e destacando que contém “expressões vetustas” que não correspondem à “linguagem” nem aos “valores” dos cidadãos de hoje.

Letra do hino espanhol:

¡Viva España!
Cantemos todos juntos
con distinta voz
y un solo corazón.

¡Viva España!
Desde los verdes valles
al inmenso mar,
un himno de hermandad.

Ama a la Patria
pues sabe abrazar,
bajo su cielo azul,
pueblos en libertad.

Gloria a los hijos
que a la Historia dan
justicia y grandeza
democracia y paz.

in Público.pt

bandera-espana


Digg it! Compartilhar no Del.icio.us Adicionar ao Live Favorites Compartilhar no Google Bookmarks Compartilhar no Reddit Compartilhar no Ma.gnolia Compartilhar no Facebook Compartilhar no Technorati Compartilhar no Yahoo MyWeb Stumble It! Compartilhar no rec 6

Technorati : , ,
Del.icio.us : , ,
Ice Rocket : , ,

Advertisements

Acções

Information

9 responses

12 01 2008
Père Sariette

Bem, vou dar minha opinião não como brasileiro, mas como descendente de espanhóis galegos. Isso sabe a Franco: “¡Viva, España” / Alzad los brazos / hijos del pueblo español / que vuelve a resurgir!”. É a mesma coisa, é uma letra vazia, como todo o hino. As duas tentativas anteriores de pôr letra na Marcha Real fracassaram, tanto a franquista (por enfraquecimento político) quanto no reinado de Alfonso XIII (a Marcha Real de Eduardo Marquina). Não concordo como Llamazares; se ele razão tivesse, volta-e-meia, teríamos que fazer revisões do hino. No meu país, o hino é incompreensível à maioria sa população, mas ninguém pensa em fazer sequer uma únia mudança; malemá, o hino é o símbolo sonoro de uma colectividade que se define pátria, para bem ou para mal.
Tendo em vista que Espanha é um país compostos de nações diversas, o melhor mesmo é um hino que não tenha letra ou, que se fizesse como na ex-Iugoslávia, onde o velho Hej, Slaveni era cantado em cada língua local. Mas isso, em Espanha, é inconcebível. Os madrilenhos e os outros “castelhanos” acham inconcebível que haja espanhóis que passem meses sem emitir uma única palavra no idioma cervantino (como me disse certa vez um amigo valenciano); Espanha é um saco de gatos em que poucos se respeitam; a idéia de um hino cantado é absurda na Espanha de hoje e só pode mesmo ter vindo por iniciativa do setor mais descerebrado da sociedade, os deportistas. Mesmo que consiga as 500 mil assinaturas (o que nõ é difícil em regiões da Castela histórica), nas Cortes no pasará. Os representantes das nacionalidades históricas (Galiza, Países Catalães e País Basco), opor-se-ão e não sem razão; muito embora contará com amplo apoio do Partido Popular, condizido pelo pseudo-galego Mariano Rajoy; é incrível o auto-ódio de gente como Rajoy, Camps (presidente da Generalitat Valenciana) ou Vidal-Quadras (catalão, mas PP), esses serão os primeiros a levantar e bater palmas, mesmo a uma letra pífia como essa.
O senhor Cubero que me perdoe mas, estilisticamente, a letra está uma verdadeira bomba. Digna de um hino nacional.

12 01 2008
Sérgio Mendes, não o músico

Perdão, o comentário acima é meu; é que estava com o meu outro logon. Abraço.

12 01 2008
Juliana

Pois, parece que se queria manter a letra em segredo! Mas como os espanhóis falam muito, houve uma pequena (grande) fuga de informação.
Quanto ao hino, está fraquinho! Não tem muita essência, está pobre. Mas, isto sou eu, uma pobre alma Lusitana que o diz.

Um abraço,

Juliana

13 01 2008
Só Maria

também se queixam de fuga de informação? 😦
confesso que não sou fã de pasodobles! 🙂

15 01 2008
Rui Jorge

bom..eu concordo com a Juliana..falta alma e corpo ao hino espanhol..
De qualquer maneira a letra também não está grande coisa…mas enfim..opiniões..cada um tem a sua!

Sérgio Mendes: devias treinar melhor o teu espanhol..ou melhor comprar um dicionario espanhol e já agora uma enciclopedia tambem.. 🙂

Cumprimentos a todos.

15 01 2008
Sammy Anderson

Não gostei também, acho muito mais interessante ser um hino sem letra, fica diferente de todos os outros países.

16 01 2008
r.filgueira

AZARRRRRRRRRRR !!!! ja nao letra pro hino lol

17 01 2008
Uia tou blogando

Pois é Sammy.. a Espanha ficou igual.. só resta colocar “ellos e ellas” para aprender !!

22 06 2008
Ivan Vockt

Primeiro: traduzir o himno Español para o português, é algo extremamente absurdo…
Segundo: as várias nações que compõe o Reino de España, dificilmente aceitariam uma letra com uma fonética castellana, Bascos, Gallegos e Catalães que o digam !
Terceiro: substituir uma Sinfonia como a Marcha Real, feita há séculos por prussianos, em memória e louvor à España, por uma letra, retira completamente todo o louvor que os Espanhóis, sejam eles Sevillanos, Bascos, Madrileños, Catalães, Gallegos, Andaluzes ou Aragonés, possuiam ao ‘cantar’ uma Sinfonia, em várias vozes, em vários idiomas…

NÃO AO NOVO HIMNO ESPAÑOL !!!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: