Barack Obama: um homem bonito

28 02 2008

Tenho acompanhado com muito interesse as eleições norte-americanas, sobretudo por causa de um facto que me parece ter a maior importância política: sou extremamente parecido com Barack Obama. Também sou parecido com Hillary Clinton, mas só quando deixo crescer o bigode. Já com Barack Obama, as semelhanças são assombrosas: temos o mesmo sorriso franco, o mesmo olhar tranquilo, o mesmo aspecto encantador de argelino subnutrido.

Gostava muito que Obama fosse eleito Presidente, quanto mais não seja porque não é todos os dias que se tem a oportunidade de ser sósia do homem mais poderoso do mundo. Será divertido visitar os EUA já depois da eleição, e assistir à reacção das pessoas quando se aperceberem das parecenças. Pode ser que me confundam com o Presidente e me ofereçam coisas boas. Outra hipótese é oferecerem-me 75 gramas de chumbo maciço no meio dos olhos, sob a forma de um balázio. Mas mesmo isso seria uma ocorrência pitoresca, diferente da monotonia do quotidiano, que eu acolheria com satisfação.

No entanto, além de transformar a minha vida, a eleição de Barack Obama pode acarretar outras mudanças de menor importância. Por exemplo, pode transformar o nosso planeta. Se Obama for eleito, durante uns anos viveremos num mundo surpreendente em que o Presidente dos Estados Unidos da América se chama Barack Hussein Obama, enquanto, por exemplo, no Gana, o Presidente é um tipo chamado John (a sério, acabei de verificar). É tão estranho como ter um Antunes a comandar os destinos da Suécia – o que seria, aliás, benéfico: há muitos anos que eu mantenho que a única maneira de Portugal atingir o nível de vida dos suecos é pôr um português a mandar na Suécia. Era num instante que os apanhávamos. Infelizmente, ninguém me dá ouvidos no que à política internacional diz respeito.

Quanto à eleição americana, é certo que Barack Obama ainda não é Presidente dos Estados Unidos. Longe disso. Mas não é impossível que venha a ser eleito, o que não deixa de ser mais uma prova de arrojo do povo americano. Toda a gente conhece as regalias a que o Presidente dos EUA tem direito: morar na Casa Branca, fazer-se deslocar no Air Force One… Depois de tudo o que aconteceu, não deixa de ser extraordinário que um povo tenha a coragem de pôr um avião daquele tamanho à disposição de um homem chamado Hussein.

Por tudo isto, desejo que aconteça a Barack Obama o mesmo que aconteceu a Kennedy: que vença as eleições e se torne Presidente. Ou, na pior das hipóteses, que lhe aconteça o mesmo que aconteceu a Bush: que perca as eleições e se torne Presidente.

Ricardo Araújo Pereira in Visão


Technorati : , , ,
Del.icio.us : , , ,
Ice Rocket : , , ,

Anúncios

Acções

Information

6 responses

28 02 2008
Ludo Rex

Seja um ou outro, o país não deixa de ser os EUA. Portanto temos que estar bem atentos… A Liberdade ‘deles’ vem na ponta de uma arma…
Um Abraço e Até já!

29 02 2008
Só Maria

ricardo araújo no seu melhor! 😀
a brincar, a brincar, dizendo coisas sérias!

29 02 2008
o.labrador.zak

Parabéns, gostei imenso do teu cantinho!

1 03 2008
Heitor

Forca, gostei do seu comentario.

4 03 2008
G

Ludo Rex: Os EUA são mesmo um país caricato, sem duvida!

Só Maria: A brincar é que se dizem as verdades…

o.labrador.zak & Heitor: Obrigado pelo comentário! Voltem sempre!

Abraço a todos!

3 10 2008
Simone Carioca

O Obama é lindo, viu? Não tem nada a ver com você aí.

E outra coisa, eu sou mais um homem na política do que uma mulher, porque o poder tem que ficar nas mãos dos homens porque é mais bonito.

Mulher na política fica feio, não gosto! Acho melhor, nós mulheres trabalharmos em culinária/gastronomia, como professoras, pedagogas, fotógrafas, enfim, coisas que tenham a ver com a alma feminina.

Mulher na política com aqueles terninhos, é ridículo. Se a Bruxa da Hillary for para o poder, ela vai humilhar todos os homens do planeta. Porque ela levou chifre do marido, e mulher traída revoltada é capaz das maiores atrocidades. Minha mãe que nunca foi traída pelo meu pai é nervosa, imagine se fosse… Imagine uma mulher traída o que é capaz de fazer no poder? Colocar todo o ódio do Bill Clinton contra os homens do planeta. Daí vai manipular tudo para os homens trabalharem só em coisas servis.

Daí os homens revoltados vão virar viados e vão roubar os namorados e pretendentes de nós mulheres normais, desamparadas e carentes. É verdade! Daí, vai ser um bando de mulheres encalhadas no mundo… BUAAAAAAA.

Futuro nada agradável!

OBS: Não gostei desse papo estranho do cara que é vice do Obama apoiar casamento dos viados. Daí vai ser ruim, porque eles vão pegar os bens das mulheres. BUAAAAAAAAA! Mas tem uma coisa, isso é real: Os viados sem se casar já são viados mesmo. Eles não vão deixar de ser boiolas e sapatrúpedes se não se casarem…

Mas isso é ruim. Porque se um cara casa com uma mulher, depois o cara casa com um viado, depois o viado vai dizer que é o cônjuge, bla bla bla, quem é que vai ficar com os bens?

Bem, dane-se tudo. O que acontece lá fora não tem nada que ver com aqui mesmo. Só sei uma coisa: o Lula pode ser chato, mas é homem. Ainda prefiro ele no poder do que se fosse uma mulher.

Fui,

See ya 🙂

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: