China manipula violência no Tibete

2 04 2008

Um dos serviços de inteligência de Inglaterra (GCHQ) confirmou que agentes do Exército Popular de Libertação Chinês vestiram-se de monges budistas para aumentar a violência nos protestos que feriram ou mataram centenas de tibetanos.

Acredita-se que a decisão foi tomada por Pequim como uma forma de acabar de vez com os problemas na região, que já estava atraindo atenção negativa com a chegada dos jogos olímpicos.

Depois dos protestos que ocorreram há algumas semanas observaram-se cada vez mais monges realizando actos de desobediência pública. Posteriormente imagens mostraram que o exército utilizou agentes como provocadores para obterem a desculpa necessária que precisavam.

O que o governo chinês não esperava era que a situação ficasse descontrolada e protestos semelhantes ocorressem em vários povoados vizinhos.

Mesmo que o Dalai Lama tenha dito que desistiria do posto de líder dos budistas caso a violência não tivesse fim vários protestos continuaram a ocorrer porque a maior parte dos monges actuais são jovens, desempregados e acreditam que somente uma acção directa venha a mudar alguma coisa.

A tocha olímpica vai passar pelo Tibete daqui a algumas semanas e o governo chinês começa a ficar desesperado sem saber o que fazer. A maior prova disto foi a declaração por parte do primeiro-ministro chinês em falar com o Dalai Lama.

Outro passo do governo chinês em busca da aceitação mundial no conflito com o Tibete é a visita realizada neste fim-de-semana por representantes de 15 países, onde nenhum deles pode sair do programa feito pelo governo.

Um dos representantes chegou a afirmar que aquilo não poderia ser utilizado como substituto para a liberdade de poder visitar a parte que lhe convier.

Numa visita semelhante feita por jornalistas chineses e de outros países, um grupo de 30 monges fez um protesto onde gritaram “O Tibete não é livre.” Um repórter da Associated Press afirmou que aquele foi o único momento espontâneo da visita.

Os repórteres em visita a Lhasa descreveram a cidade como dividia, a parte chinesa e seus negócios estavam normais. Já a cidade antiga, onde vive a maioria tibetana ainda se encontra sob forte presença policial.

Quando questionado sobre o que aconteceria com as pessoas que participaram dos protestos, os oficiais chineses disseram que nada seria feito com estas pessoas. “Nós nunca lhes faríamos mal. Nós nunca iremos deter qualquer pessoa que você encontre nas ruas de Lhasa. Eu não acredito que nenhum governo faça algo assim.” Afirmou o vice-governador do Tibete, Baima Chilin.

Fontes: Epoch Times, BBC, View on Buddhism in Pipoca de Bits

Agora entendo porque eram tão violentos alguns dos monges que apareciam à frente das manifestações…


Technorati : , , , , ,
Del.icio.us : , , , , ,
Ice Rocket : , , , , ,

Advertisements

Acções

Information

6 responses

2 04 2008
Só Maria

é simplesmente vergonhoso o que se está a passar no tibete!

5 04 2008
Dourado

Seria mais fácil se a China libertasse o Tibet de uma vez,

pra q tanta ambição?????

9 04 2008
Nilson Moraes

Não concordo com a notícia o ocidente gosta de manipular as notícias quando tem algum interesse. sempre foi assim o ocidente sempre quer que as coisas sejam do seu jeito, não se pode obrigar o mundo a assumir uma posição igual a dos ocidentais isto é absurdo, onde está o respeito as outras culturas, e por que elas tem que seguir o nosso modelo? Não eles tem que ser eles e nós os ocidentais sermos ocidentaisr eptio . Sou ocidental e estou com os orientais neste aspecto.
Quanto ao Tibet qualquer pessoa que não vá por emoção e estude a história, não só a história que o ocidente conta e nem só a visão dos tibetanos, vai ver que este território sempre foi protetorado chinês ao longo da história da china. Pesquiso e estudo a cultura chinesas há mais de 20 anos e tenho pleno consciência disso.O que existe é que o grupo aristocrático tibetano e os monges que o apoiaram tiveram enormes prejuízos com a rebelião tibetana então tentam voltar ao poder.Também existem outros diversos motivos econômicos como interesse em negociar com os ocidentais as poucas riquezas da região como o urânio e outros minerais. Assim grupos ocidentais os apoiam estimulando campanhas em torno do monge dalai lama e sua imagem carimática(ativista) através do budismo tibetano que arregimenta praticantes da seita tanto no ocidente quanto no oriente, alguns nem conhecem a realidade da situação mesmo.

O governo chinês nunca deu liberdade a nenhum povo em seu território, nem mesmo ao povo Han sua etnia principal quem falar o contrário é um mentiroso e isto está errado e precisa mudar, mas é com todos os povos naquele país.Embora bem tímida algumas pequenas mudanças começam a acontecer e a longo prazo haverá melhoras com certeza. Não se pode esperar que da noite pro dia coisas que levaram séculos mude.

Neste momento os tibetanos, não só estão reivindicando seus direitos, mas também feriram o orgulho chinês e isso vai causar animosidade que até então não havia diretamente entre oos povos chineses e a etnia tibetana.
“A vingança é um prato quente que se come frio”, então os grupos rebeldes que se aguardem pois agora não é só o governo chinês mas o povo chinês que se sente ofendido com a ofensiva dos rebeldes em boicotarem sua festa, o retorno vem a cavalo mas com certeza virá e isto é invevitável.

4 05 2008
jhony

As autoridades de Taiwan condenaram neste sábado a “ofensiva” da China durante os protestos registrados no Tibet, onde pelo menos 10 pessoas morreram, restando apenas cinco meses para os Jogos Olímpicos de Pequim.

O Ministério das Relações Exteriores de Taiwan manifestou em um comunicado “sua preocupação com as violentas manifestações provocadas pela ofensiva militar chinesa e condena com veemência a ação sem piedade da China, que viola os direitos humanos”.

“A China quer que acreditem na existência de um crescente clima de paz porque recebe os Jogos Olímpicos, mas na realidade aponta para Taiwan com seus mísseis e reprime as aspirações de liberdade e democracia do povo tibetano”, acrescentou i texto.

Taiwan e China se separaram em 1949 ao término de uma guerra civil, mas Pequim continua considerando a ilha parte de seu território e ameaçou em reiteradas ocasiões invadi-la se o governo de Taipei declarar formalmente a independência.

7 05 2008
Petrucio Chalegre

O Colegiado Buddhista Brasileiro, contando com o apoio da Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro e do Deputado Fernando Gabeira, estará realizando no dia 12 de Maio, às 10 horas, no Plenário da Câmara Municipal do Rio de Janeiro o “Debate Público sobre a Questão Tibetana” juntamente com lideranças budistas brasileiras, o qual será registrado nos anais e divulgado no Diário Oficial.

É um evento que liga os políticos brasileiros à causa do Dalai Lama, e uma oportunidade especial para nos manifestarmos e fazer diferença em favor do oprimido povo tibetano, reforçando a posição do Budismo Brasileiro em prol do exercício da não-violência e da paz, do diálogo entre povos e culturas, e o respeito aos direitos de todos os seres.

Sendo necessário o maior apoio possível ao evento, solicitamos a todos os que deste tomem conhecimento que o divulguem em todas as listas públicas e particulares, blogs e sites, convidando os budistas e simpatizantes com a causa tibetana a comparecerem ao Plenário da Câmara.

Debate Público sobre a Questão Tibetana
Dia 12 de Maio às 10 Horas
Plenário da Câmara Municipal do Rio de Janeiro – Palácio Pedro Ernesto – Praça Marechal Floriano, s/n, Cinelândia, Rio de Janeiro.

24 06 2008
Alice, Natalia e Maiquieli

nao lemos o texto inteiro, nao sabemos dizer.. 😛
mas eu acho q a China devia desistir de tibet
huasuahsuhas
isso aquih tah uma droga pq vcs nao tem o que nos precisamos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: