Barack Obama: o alvo nº 1?

As autoridades norte-americanas detiveram dois jovens que planeavam um massacre racista. A ideia era matar mais de 100 negros e depois tentar assassinar o candidato democrata às eleições da próxima semana.

De acordo com os autos, os jovens, que tencionavam matar 102 negros, tinham por objectivo último tentar «assassinar o candidato presidencial Barack Obama», que poderá ser o primeiro negro a dirigir os Estados Unidos, caso seja eleito a 4 de Novembro.

Já ameaçado, o candidato beneficia desde que começou a campanha, início de 2007, da protecção dos serviços secretos da USSS, a agência federal encarregue da segurança do presidente dos Estados Unidos e das altas personalidades.

Daniel Cowart, de 20 anos, e Paul Schlesselman, de 18, originários do Tennessee e do Arkansas, foram detidos em Alamo (Tennessee) na quarta-feira por «ameaças contra um candidato à presidência», «posse ilegal de arma de fogo» e «conspiração para roubo de arma», segundo o Departamento da Justiça norte-americano.

Os dois suspeitos contavam assaltar um armeiro, e depois matar a tiro 88 negros e decapitar outros 14, «visando, nomeadamente, uma escola maioritariamente afro-americana», segundo o agente Brian Weaks, do Gabinete federal norte-americano do Álcool, tabaco e armas de fogo (ATF), que conduziu o inquérito e cujas declarações constam dos autos.

O número 14 alude às 14 palavras do slogan racista: «Temos de proteger a sobrevivência da nossa raça e o futuro das crianças brancas». O número 88 significa «HH», oitava letra do alfabeto e quer dizer «Heil Hitler», a saudação hitleriana.

«Eles disseram também que a sua última acção de violência seria tentar matar o candidato presidencial Barack Obama», testemunha o agente.

Segundo os autos, «ao acusados asseguraram que estavam prontos a morrer durante esta tentativa de asssassínio». Os dois jovens previam lançar a sua viatura contra Barack Obama e disparar contra ele da janela do carro. Contavam os dois usar para a ocasião um smoking branco e uma cartola.

Momentos antes de serem detidos, tinham comprado uma corda de nylon e passa-montanhas e estavam na posse de várias armas de fogo, entre as quais um espingarda de canos serrados.

Vão ser presentes quinta-feira a um tribunal federal de Mênfis (Tennessee).

A equipa de campanha de Obama recusou comentar estas informações.

Os Estados Unidos continuam traumatizados com os atentados de Setembro de 2001 e o país não esqueceu os assassínios dos irmãos John e Robert Kennedy e de Martin Luther King.

O medo de um atentado contra Obama continua bem viva entre os partidários do candidato.

No final de Agosto, três homens, um dos quais armado e outro conhecido por ser um simpatizante pró-nazi, foram detidos em Denver (Colorado, ocidente) durante a Convenção democrata onde o senador foi oficialmente designado candidato.

No início do mesmo mês, agentes dos serviços secretos detiveram em Miami (Florida, Sudeste) um homem que ameaçara matar o candidato negro.

Armas de fogo, munições e armas brancas foram apreendidas na casa e na viatura deste indivíduo.

«Se este negro for eleito, eu próprio o assassinarei», declarara publicamente segundo os documentos da polícia.

in Visão

Nunca um presidente americano (caso seja eleito) esteve tão ameaçado de não terminar o seu mandato como Barack Obama!

É triste que assim seja! Que ódios racistas possam travar uma mudança que se apresenta urgente num país (e num mundo!) que tem sido governado, nos últimos tempos, pela incompetência… 😕


Technorati : , , , , ,
Del.icio.us : , , , , ,
Ice Rocket : , , , , ,
Flickr : , , , , ,

Adicionar artigo ao blinklist Adicionar ao Ueba Adicionar aos Favoritos BlogBlogs Adicionar artigo ao Del.icio.us Adicionar artigo ao Digg! Adicionar artigo ao DiHitt Adicionar artigo ao Eu Curti Adicionar artigo ao Furl Adicionar esta noticia no Linkk Envie este link para linkTo! Adicionar artigo ao Rec6 Adicionar artigo ao reddit Adicionar artigo ao Slashdot Adicionar site ao Stumble Adicionar aos Favoritos Technorati Adicionar ao Ueba Sabedorize esta noticia no WebSapiens Adicionar artigo ao Windows Live Adicionar ao Yahoo!

Quer ter estes botões no seu site? Acesse

Anúncios

3 comments

  1. Infelizmente daquele país já espero tudo, basta ver o que andam a fazer no mundo em nome de uma Democracia, que dela não tem nada… Foram e são eles que provocam os conflitos em seu belo prazer… A verdade é essa, até o Bin Laden foram eles que o formaram…
    Abraço

  2. Pingback: Trackback
  3. Olá,

    Esta informação não procede. O Obama terminará seu mandato normalmente. Isto não passa de um “meme”, que visa tão-somente estigmatizar uma candidatura que é voltada para toda a população estadunidense – não apenas os afro-americanos. Não devemos dar crédito a tais notícias.

    Sem mais.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s