World Press Photo 2009

16 02 2009

World Press Photo of the Year

Depois de uma ordem de despejo, o agente Robert Koel certifica-se se os residentes desta casa de Cleveland (Estado de Ohio) a abandonaram de facto. A foto é do norte-americano Anthony Suau e é a grande vencedora do World Press Photo.

Spot News: 1º prémio

Chen Qinggan, China, Hangzhou Daily

General News: 1º prémio

Luiz Vasconcelos, Brasil, Jornal A Crítica/Zuma Press

People in the News: 1º prémio

Chiba Yasuyoshi, Japão, Agence France-Presse

Sports Action: 1º prémio

Paul Mohan, Irlanda, Sportsfile

Sports Features: 1º prémio

Xiaoling Wu, China, Xinhua News Agency

Contemporary Issues: 1º prémio

Mashid Mohadjerin, Bélgica, Reporters

Daily Life: 1º prémio

Lissette Lemus, El Salvador, El Diario de Hoy

Portraits: 1º prémio

Yuri Kozyrev, Russia, Noor para Time

Arts and Entertainment: 1º prémio

Giulio Di Sturco, Itália, Agenzia Grazia Neri

Nature: 1º prémio

Carlos F. Gutiérrez, Chile, Patagonia Press para Diario La Tercera

Fotografias que nos dão murros no estomâgo! 😕

Veja a lista completa dos premiados no site da World Press Photo

Ler também:

Technorati : , , , , ,
Del.icio.us : , , , , ,
Flickr : , , , , ,
Zooomr : , , , , ,
Riya : , , , , ,

Adicionar artigo ao blinklist Adicionar ao Ueba Adicionar aos Favoritos BlogBlogs Adicionar artigo ao Del.icio.us Adicionar artigo ao Digg! Adicionar artigo ao DiHitt Adicionar artigo ao Eu Curti Adicionar artigo ao Furl Adicionar esta noticia no Linkk Envie este link para linkTo! Adicionar artigo ao Rec6 Adicionar artigo ao reddit Adicionar artigo ao Slashdot Adicionar site ao Stumble Adicionar aos Favoritos Technorati Adicionar ao Ueba Sabedorize esta noticia no WebSapiens Adicionar artigo ao Windows Live Adicionar ao Yahoo!

Quer ter estes botões no seu site? Acesse





O livro mais caro do mundo

3 02 2009

Tem apenas 13 páginas e custa 153 milhões de euros. Segundo o seu autor, Tomas Alexander Hartmann, o preço é tão elevado porque a obra responde às questões mais importantes da humanidade.

O escritor alemão Tomas Alexander Hartmann apresentará ao público a sua obra “Die Aufgabe” (“A Tarefa”) pela última vez na Art Dubai de Março de 2009. O preço é elevado porque, segundo Hartmann, responde às três questões fundamentais da humanidade em menos de 300 frases.

“De onde vimos?”, “Para onde vamos?” e “Qual a missão real que ainda está por realizar?”, são algumas das dúvidas que em apenas 13 páginas Hartmann responde. Por isso, segundo ele, justifica-se o preço tão elevado que colocou a sua obra como a mais cara da história.

No entanto, o autor está cansado dos comentários críticos que o livro despertou e, por isso, decidiu não voltar a expô-lo depois da feira de Art Dubai.

Apesar do preço excessivo, o livro tem uma aparência muito simples. Hartmann argumenta que o preço de 153 milhões de euros se baseia no valor do seu conteúdo. Esta é provavelmente a razão pela qual renunciou os diamantes que, de outro modo, poderiam esperar os seus leitores com esta quantidade de dinheiro a desembolsar.

“O alto preço de um livro deve-se à sua perspectiva mais profunda, que faz com que o livro seja de valor incalculável”, afirma o autor. Não obstante, o livro é supostamente uma obra de arte do artista alemão, realizado por um antigo provedor da corte de um duque de Weimar. Ademais, a cópia está escrita na língua do comprador.

O texto será traduzido em 150 idiomas e, utilizando uma técnica especial, a sua capa será executada com ouro fino. E todos os direitos de licença passam a pertencer ao comprador da ‘jóia’.

Curiosamente, na feira do livro de Frankfurt, celebrada em Outubro de 2008, a um preço de 153 milhões de euros, o autor propôs-se oferecer “só” o seu poema, que está nomeado para o prémio Lyrics Award.

traduzido de Cadenaser.com

Parece-me que este artista precisa desesperadamente de 153 milhões de euros!! :mrgreen:

E ainda ‘está cansado dos comentários críticos que o livro despertou’? 😯

Bom senso precisa-se!


Technorati : , , , , ,
Del.icio.us : , , , , ,
Ice Rocket : , , , , ,
Flickr : , , , , ,
Zooomr : , , , , ,
Buzznet : , , , , ,
Riya : , , , , ,
43 Things : , , , , ,

Adicionar artigo ao blinklist Adicionar ao Ueba Adicionar aos Favoritos BlogBlogs Adicionar artigo ao Del.icio.us Adicionar artigo ao Digg! Adicionar artigo ao DiHitt Adicionar artigo ao Eu Curti Adicionar artigo ao Furl Adicionar esta noticia no Linkk Envie este link para linkTo! Adicionar artigo ao Rec6 Adicionar artigo ao reddit Adicionar artigo ao Slashdot Adicionar site ao Stumble Adicionar aos Favoritos Technorati Adicionar ao Ueba Sabedorize esta noticia no WebSapiens Adicionar artigo ao Windows Live Adicionar ao Yahoo!

Quer ter estes botões no seu site? Acesse





Dia Mundial da Música

1 10 2008

E neste dia Mundial da Música, a história da música… em seis minutos!


Technorati : , , , ,
Del.icio.us : , , , ,
Flickr : , , , ,
Zooomr : , , , ,
Buzznet : , , , ,





O Snoopy está de luto

4 09 2008

A “voz” por detrás das famosas personagens do cão animado Snoopy e do seu pássaro Woodstock, Bill Meléndez, morreu aos 91 anos, anunciou a editora Amy Golsmith.

Segundo a mesma fonte, o animador mexicano faleceu na terça-feira no Hospital St. John’s de Santa Mónica, na Califórnia, Estados Unidos.

José Cuauhtemoc “Bill” Meléndez, nascido a 15 de Novembro de 1916 em Sonora, no México, começou a sua carreira em 1938 nos estúdios de Walt Disney, trabalhando em filmes como “Pinóquio”, “Fantasia”, “Dumbo” e nas animações de Mickey Mouse e Donald Duck.

Meléndez participou também na criação de Bugs Bunny, Daffy Duck e Porky Pig nos estúdios Warner Bros, tendo em 1948 dado início à carreira de director e produtor de anúncios publicitários de televisão.

Nessa altura fez parte da equipa que ganhou o Óscar de 1951 para melhor curta-metragem animada com “Gerald McBoing Boing” e começou uma frutífera relação com o criador de Snoopy, Charles M. Schultz, que resultou em mais de 60 episódios de animação de 30 minutos de duração, cinco especiais de uma hora, quatro filmes e cerca de 400 anúncios.

in Público


Technorati : , , ,
Del.icio.us : , , ,
Ice Rocket : , , ,
Flickr : , , ,
Buzznet : , , ,

Adicionar artigo ao blinklist Adicionar ao Ueba Adicionar aos Favoritos BlogBlogs Adicionar artigo ao Del.icio.us Adicionar artigo ao Digg! Adicionar artigo ao DiHitt Adicionar artigo ao Eu Curti Adicionar artigo ao Furl Adicionar esta noticia no Linkk Envie este link para linkTo! Adicionar artigo ao Rec6 Adicionar artigo ao reddit Adicionar artigo ao Slashdot Adicionar site ao Stumble Adicionar aos Favoritos Technorati Adicionar ao Ueba Sabedorize esta noticia no WebSapiens Adicionar artigo ao Windows Live Adicionar ao Yahoo!

Quer ter estes botões no seu site? Acesse





A Torre de Pisa já não cai!

29 05 2008

A Torre de Pisa deixou de se mover, tendo os trabalhos de consolidação a que tem vindo a ser submetida permitido alcançar o nível de inclinação que tinha em 1700, de três metros e 99 centímetros.

O professor Michele Jamiokowski, ex-presidente da Comissão Internacional, encarregue da preservação da Torre, assegurou que “foram confirmadas as previsões mais optimistas”, em declarações publicadas quarta-feira no diário italiano “Corriere della Sera”.

Jamiokowski acrescentou que o monumento já não se inclina, nem tomba e que “não irá mover-se, pelo menos, nos próximos 300 anos”.

O controlo contínuo a que a Torre vem sendo submetida permitiu verificar que o monumento deixou de se mover, graças ao projecto de assentamento que terminou em 2001 e que permitiu endireitá-la, lentamente, na direcção norte.

As obras de consolidação tornaram-se necessárias quando, em 1993, a parte superior da Torre de Pisa chegou a alcançar uma diferença de mais de quatro metros e 47 centímetros relativamente à base, o que levou a que se considerasse o perigo de derrocada.

O projecto consistiu em extrair toneladas de terra por baixo da torre do campanário, no lado oposto à inclinação, para que o edifício, de 14.500 toneladas de peso e 55,86 metros de altura, cedesse e assentasse.

Os trabalhos de reestruturação tiveram o seu início em 1993, duraram cerca de 11 anos e custaram 27 milhões de dólares.

A Torre de Pisa levou mais de dois séculos a ser construída.

in RTP.pt

Uffa! 😮


Technorati : , , , ,
Del.icio.us : , , , ,
Flickr : , , , ,
43 Things : , , , ,





World Press Cartoon 2008

14 04 2008

O cartonista alemão Rainer Ehrt foi o grande vencedor da quarta edição do World Press Cartoon. O desenho intitulado “Tower of Brussels”, que também recebeu o primeiro prémio na categoria de Cartoon Editorial, representa uma torre de Babel com políticos da União Europeia.

Os outros vencedores foram Achille Superbi (Itália), com “Michael Ballack”, na Caricatura, e Hassan Karimzadeh (Irão), com “Loading…”, na categoria de Desenho de Humor. Todos os desenhos foram publicados em 2007 no “Eulenspiegel”, “La Tampa” e “Etemad-e Melli”, respectivamente. (…)

No total foram apresentadas a concurso mais de 400 obras de humor gráfico de imprensa. O prémio foi dividido em três categorias: Cartoon Editorial, Caricatura e Desenho de Humor.

Os segundos prémios distinguiram António Jorge Gonçalves (Portugal), por “Dalai Lama”, na categoria de Cartoon Editorial; a Turcios (Colombia), pela obra “Elvis Presley”, na categoria de Caricatura; e a Rogelio Naranjo (México), por “É uma menina”, na categoria de Desenho de Humor.

Foram reconhecidos com terceiros prémios Orjan Jensen (Noruega), com “Global Warming, melting of the artic”, na categoria de Cartoon Editorial, a Agustin Sciammarella (Espanha), com “Noriega”, na categoria de Caricatura, e a Moa (Brasil), com “Carrousel”, Desenho de Humor.

Doze menções honrosas foram também entregues (quatro por categoria) a autores cujos trabalhos tiveram destaque pela qualidade gráfica e editorial. (…)

O World Press Cartoon 2008 pretende dar a conhecer e distinguir os melhores trabalhos produzidos e publicados em jornais ou revistas durante o ano de 2007. “Quem visite atentamente a exposição poderá avaliar a riqueza dos desenhos publicados em 2007. Os protagonistas são outros, ainda que alguns marquem sucessivamente presença, fruto da lógica interna dos jogos internacionais de poder” diz o cartoonista António Antunes. “Onde há conflitos, onde há incertezas e ameaças à liberdade e ao bem-estar dos povos, há bons cartoons editoriais, boas caricaturas”, acrescenta.

in Público.pt


Technorati : , , , ,
Del.icio.us : , , , ,
Ice Rocket : , , , ,





Sexta-Feira Santa, segundo Dalí

21 03 2008

A Sexta-feira Santa, ou Sexta-feira da Paixão, é a Sexta-feira antes do Domingo de Páscoa. É a data em que os cristãos lembram o julgamento, paixão, crucificação, morte e sepultura de Jesus Cristo, através de diversos ritos religiosos.

Segundo a tradição cristã, a ressurreição de Cristo aconteceu no domingo seguinte ao dia 14 de Nisã, no calendário hebraico. A mesma tradição refere ser esse o terceiro dia desde a morte. Assim, contando a partir do domingo, e sabendo que o costume judaico, tal como o romano, contava o primeiro e o último dia, chega-se à sexta-feira como dia da morte de Cristo.

in Wikipédia


Technorati : , , ,
Del.icio.us : , , ,
Ice Rocket : , , ,








%d bloggers like this: