Google

Eles não querem aparecer no Google

Imagine-se a escrever Ronaldo no Google e não encontrar nenhum resultado. Difícil? É o que está a acontecer na Argentina aos fãs de Maradona, que se juntou às mais de 100 figuras a impedir legalmente os seus nomes de aparecerem nos motores de busca.

Enquanto uns se esforçam para alcançar visibilidade no Google, outros recorrem à lei para não aparecer de todo. Os argentinos que pesquisarem por Diego Maradona nas versões nacionais do Yahoo e do Google vão dar com uma mensagem em espanhol, avisando que, por ordem legal, estão suspensos os resultados para aquela pesquisa. A excepção são apenas os grandes sites de informação.

Mas não foi só a estrela do futebol argentino, e actual seleccionador nacional, a bloquear os motores de busca. Ao todo, 110 figuras públicas recorreram aos tribunais para impedir que informação relativa aos seus nomes surja nos resultados das pesquisas online.

O que preocupa os motores de busca, segundo a Time, é que o processo legal que considera os motores de busca responsáveis pelo conteúdo das páginas que surjam como resultado das pesquisas dos internautas. Um porta-voz do Google Argentina descreve o processo como «completamente ilógica». «Seria como processar o quiosque pelo que vem nos jornais que vende», compara.

A acção judicial é obra do advogado Martin Leguizamon, de 48 anos, em nome de dezenas de actores, modelos, desportistas e juízes.

Mas, claro, nestas coisas da Internet, parece sempre haver uma forma de dar à volta às questões e aos argentinos que quiserem recordar as muitas polémicas envolvendo Diego Maradona basta aceder à versão internacional dos motores de busca ou simplesmente escrever «Maradon» em vez de «Maradona»…

in Visão

O que é preocupante é mesmo o “controlo” que o Google e a internet em geral podem ser “obrigados” a ter… 😯

Já faltou mais! 😕


Technorati : , , , , ,
Del.icio.us : , , , , ,
Flickr : , , , , ,
Buzznet : , , , , ,
43 Things : , , , , ,

Adicionar artigo ao blinklist Adicionar ao Ueba Adicionar aos Favoritos BlogBlogs Adicionar artigo ao Del.icio.us Adicionar artigo ao Digg! Adicionar artigo ao DiHitt Adicionar artigo ao Eu Curti Adicionar artigo ao Furl Adicionar esta noticia no Linkk Envie este link para linkTo! Adicionar artigo ao Rec6 Adicionar artigo ao reddit Adicionar artigo ao Slashdot Adicionar site ao Stumble Adicionar aos Favoritos Technorati Adicionar ao Ueba Sabedorize esta noticia no WebSapiens Adicionar artigo ao Windows Live Adicionar ao Yahoo!

Quer ter estes botões no seu site? Acesse

Anúncios

Tem uma boa ideia? A Google dá 10 milhões por ela!

A Google anunciou há poucas horas, em press-release distribuído pela RushPRnews.com, um concurso de ideias para mudar o mundo, dotado de 10 milhões de dólares de prémio em dinheiro.

“Aprendemos nos últimos 10 anos que as grandes ideias surgem de todo o lado. Por isso, a Google anuncia como parte das comemorações do seu 10º aniversário o Projecto 10^100 (pronuncia-se 10 à centésima), um apelo para apresentação de ideias capazes de mudar o mundo ajudando tantas pessoas quantas for possível” – justifica a empresa.

Quem tiver ideias que possam mudar o mundo, é só apresentá-las através de um processo muito simples, descrito no site criado para o efeito, www.project10tothe100.com .

Qualquer indivíduo pode submeter uma ideia, mas não as empresas ou organizações, que terão de o fazer através de alguém – no entanto, sem garantia alguma que a empresa vá executar a ideia caso seja seleccionada. Para encontrar os melhores parceiros mundiais para a execução de cada ideia, será usada a técnica do Request for Proposal.

As candidaturas são aceites até 20 de Outubro. Uma equipa de funcionários da Google, Inc seleccionará as 100 que considere mais promissoras e no dia 27 de Janeiro de 2008 publicá-las-á no site para a fase de votação popular.

Este voto público reduzirá o grupo de 100 a apenas 20 semi-finalistas, que serão por seu turno passados a pente fino pelo júri, composto por cinco a sete pessoas com conhecimentos em cada categoria de submissão. Este júri escolherá as 5 ideias vencedoras.

Os critérios de selecção das ideias dizem muito sobre os processos da Google. São cinco:

Alcance: quantas pessoas serão afectadas pela ideia?
Profundidade: até que ponto irá o impacto na vida dessas pessoas? Quão urgente é a necessidade delas?
Exequibilidade: pode a ideia ser posta em prática dentro de um ano ou dois?
Eficiência: quão simples e efectiva, em termos de custos, é a sua ideia?
Longevidade: por quanto tempo durarão os efeitos da ideia?

Resta-me falar do prémio: a Google reserva 10 milhões de dólares para os cinco projectos vencedores. Lamento, mas não tenho nenhuma ideia capaz de mudar o mundo. Se tivesse, talvez pensasse em concorrer. Ainda que desconfie que é um preço de saldo para um tal operação…

in Expresso

Uma ideia?! 💡

Ideia, ideias, brainstorming… Estou a ter uma braaaaainstorming!! 😯

Até depois, pessoal! Desculpem mas tenho coisas urgentes em que pensar! 🙄


Technorati : , , , , , ,
Del.icio.us : , , , , , ,
Ice Rocket : , , , , , ,
Flickr : , , , , , ,
Buzznet : , , , , , ,

Adicionar artigo ao blinklist Adicionar ao Ueba Adicionar aos Favoritos BlogBlogs Adicionar artigo ao Del.icio.us Adicionar artigo ao Digg! Adicionar artigo ao DiHitt Adicionar artigo ao Eu Curti Adicionar artigo ao Furl Adicionar esta noticia no Linkk Envie este link para linkTo! Adicionar artigo ao Rec6 Adicionar artigo ao reddit Adicionar artigo ao Slashdot Adicionar site ao Stumble Adicionar aos Favoritos Technorati Adicionar ao Ueba Sabedorize esta noticia no WebSapiens Adicionar artigo ao Windows Live Adicionar ao Yahoo!

Quer ter estes botões no seu site? Acesse

E a palavra mais procurada no Google é…

O motor de busca da Internet Google anunciou o lançamento da nova ferramenta Insights for Search, que permite saber os termos mais procurados na rede em determinado país ou período.

Insights for Search estava destinado inicialmente a profissionais do marketing, mas as suas potencialidades captaram a atenção de diversos sectores.

O director económico do Google, Hal Varian, declarou à imprensa norte-americana que a ferramenta permitirá realizar previsões económicas, estudos sociais, financeiros ou, inclusive, etimológicos para ver como se expandem novas palavras entre a população.

A ferramenta permite saber, por exemplo, que nos EUA o termo mais procurado foi «MySpace», seguido por «lyrics» e «Yahoo». Em Espanha foi «youtube» que encabeçou a lista de buscas.

in Diário Digital


Technorati : , , , ,
Del.icio.us : , , , ,
Ice Rocket : , , , ,
Buzznet : , , , ,

Adicionar artigo ao blinklist Adicionar aos Favoritos BlogBlogs Adicionar artigo ao Del.icio.us Adicionar artigo ao Digg! Adicionar artigo ao DiHitt Adicionar artigo ao Eu Curti Adicionar artigo ao Furl Adicionar esta noticia no Linkk Adicionar artigo ao Rec6 Adicionar artigo ao reddit Adicionar artigo ao Slashdot Adicionar site ao Stumble Adicionar aos Favoritos Technorati Sabedorize esta noticia no WebSapiens

Boas notícias para o mundo

Página fictícia do Google News corre pela Internet com boas novidades.

Provavelmente cansado dos noticiários pessimistas que proliferam um pouco por todo o mundo, um jovem norte-americano criou uma simulação pessoal do famoso motor de pesquisa de notícias Google, onde as novidades são todas positivas.

«Uma nova era para a China e o Tibete» e «Processo de paz no Darfur em curso» são dois dos muitos títulos que reflectem o desejo de resolução de alguns conflitos mundiais. Dentro das notícias relacionadas com os EUA, o autor não se inibe de chamar presidente a Barack Obama e declara «o renascimento de Nova Orleães».

Uma vacina contra a Sida, a cura para a doença de Alzheimer, a descida das taxas de juro e a redução do carbono na atmosfera são outras das novidades de um futuro imaginário.

Mais a brincar, o norte-americano que inventou a página de Internet ideal escreve «Chicago Cubs: pode ser este ano?» ( aludindo ao facto desta equipa de basebol não vencer a World Series desde 1908 ) e cita a famosa escritora J. K. Rowling, que promete mais livros sobre o jovem mágico Harry Potter.

Apesar de fictícias e provavelmente difíceis de concretizar num futuro próximo, muitas destas notícias seriam certamente boas de dar. Para já, fica a simulação.

in IOL Diário

Como seria bom abrir o Google News e encontrar a página assim…

Quem sabe um dia?! 😐


Technorati : , , , , ,
Del.icio.us : , , , , ,
Flickr : , , , , ,
Buzznet : , , , , ,
Riya : , , , , ,