Informática

Criado na Suíça o partido Anti-PowerPoint

O objectivo é evitar que as 250 milhões de pessoas que usam este programa mensalmente tornem as suas apresentações chatas.

Um grupo de cidadãos suíços criou o partido Anti-PowerPoint, o popular programa de apresentações visuais que é propriedade da Microsoft.

O objectivo deste movimento não é proibir completamente o uso desta ferramenta de trabalho, mas sim a utilização obrigatória que se faz do PowerPoint em empresas e universidades.

“Queremos que o número de apresentações com PowerPoint diminua em todo o planeta para tornar as apresentações mais atractivas. A escolha da Suíça deve-se ao facto de neste país qualquer cidadão poder inscrever-se num partido”, dizem os autores do movimento.

Este movimento, contudo, quer ter uma projecção mundial. “Não temos finalidades políticas”, asseguram os promotores, que têm como maior objectivo acabar com o número impressionante de pessoas que recorrem ao PowerPoint em apresentações – estima-se que são 250 milhões por mês em todo o mundo.

Este debate não é novo. O ano passado, o jornalista francês Franck Frommer publicou um livro onde questionava o abuso do PowerPoint nas apresentações.

in DN

Este pessoal não tem mais nada com que ‘lutar’?!

Parece-me que existem problemas bem mais graves do que este que justificaria um partido, movimento, associação, etc. 🙂

Anúncios

Rede de espionagem informática global

Uma rede de espionagem electrónica conseguiu infiltrar-se em 1295 computadores de governos, incluindo o de Portugal, embaixadas, organizações de defesa dos direitos humanos e meios de comunicação, entre outras instituições, em 103 países, segundo um relatório da Universidade de Toronto ontem publicado.

Segundo o relatório hoje divulgado na Internet pelo Munk Center for International Studies da Univesidade de Toronto não é possível atribuir com certeza a autoria da espionagem da rede que os investigadores denominam GhostNet (RedeFantasma), mas sublinham que três dos quatro servidores de controlo estão em províncias chinesas e o quarto na Califórnia, Estados Unidos.

Os autores do relatório, um grupo de acompanhamento da ciber-delinquência denominado The Information Warfare Monitor que se foca na utilização da rede como domínio bélico estratégico, trabalham sob o patrocínio do SecDev Group, uma consultora de Otava especializada em regiões em risco de violência, e do Laboratório Cidadão da Universidade de Toronto.

Na opinião dos investigadores, não se pode concluir definitivamente que a espionagem envolva o governo chinês, apesar do controlo do sistema ter origem, quase exclusivamente, em computadores na China.

No entanto, a origem desta investigação está relacionada com uma petição do gabinete do Dalai Lama em Dharamsala, norte da Índia, para que os peritos analisassem a rede de computadores, dos quais tinham sido retirados virtualmente documentos e cujos microfones e câmaras web eram controladas por controlo remoto.

O diário The new York Times, que teve acesso às “impressões digitais dos espiões”, sublinha que um dos possíveis rastos do envolvimento oficial da China é a chamada telefónica recebida por um diplomata não identificado.

A maioria dos computadores infectados pertence a países ou missões diplomáticas do Sudeste Asiático, escritórios de Taiwan, indianos e tibetanos, apesar do relatório acessível na rede não permitir ver nem a lista dos computadores infectados nem os nomes dos titulares destes.

No entanto, na lista por organismos aparecem os escritórios da agência norte-americana AP em Londres e Hong Kong e o canal de televisão New Tang Dinasty Television criado por grupos de apoio a Falun Gong.

Na lista também aparece a operadora telefónica CANTV da Venezuela, o ministério dos Negócios Estrangeiros do Irão, a embaixada da China nos Estados Unidos, a consultora Deloitte Touch, a rede informática do governo de Portugal, a embaixada de Malta na Líbia e entidades das ilhas Salomão.

in Expresso

Um crime que será cada vez mais frequente… 😕

E a invasão da rede informática do governo português deve ter sido puro engano… Ou então andavam à procura da alta tecnologia “exclusiva” do nosso Magalhães! :mrgreen:

Ler também:


Technorati : , , , , ,
Del.icio.us : , , , , ,
Ice Rocket : , , , , ,
Flickr : , , , , ,
Buzznet : , , , , ,

Adicionar artigo ao blinklist Adicionar ao Ueba Adicionar aos Favoritos BlogBlogs Adicionar artigo ao Del.icio.us Adicionar artigo ao Digg! Adicionar artigo ao DiHitt Adicionar artigo ao Eu Curti Adicionar artigo ao Furl Adicionar esta noticia no Linkk Envie este link para linkTo! Adicionar artigo ao Rec6 Adicionar artigo ao reddit Adicionar artigo ao Slashdot Adicionar site ao Stumble Adicionar aos Favoritos Technorati Adicionar ao Ueba Sabedorize esta notícia no WebSapiens Adicionar artigo ao Windows Live Adicionar ao Yahoo!

Quer ter estes botões no seu site? Acesse

Twitter e Wikipédia na escola primária

O currículo das escolas primárias no Reino Unido deve incluir aulas sobre o Twitter e Wikipédia, de acordo o jornal «The Guardian».

A ser aprovada, a proposta será a maior mudança no ensino primário na última década. Além de permitir uma maior flexibilidade para as escolas, esta proposta traz especificações sobre o que os alunos devem acumular até aos 11 anos a nível de aprendizagem.

A proposta foi elaborada por Jim Rose, ex-chefe de Ofsted (órgão que inspecciona o padrão das escolas e professores na Inglaterra), que foi nomeado pelo governo para rever o plano curricular do ensino primário.

O documento também enfatiza áreas tradicionais de aprendizagem, como história, matemática e inglês, mas inclui o estudo dos meios de comunicação modernos, buscando dar uma maior ênfase à educação ambiental.

Segundo o documento que o «The Guardian» teve acesso, os alunos devem acabar o ensino primário familiarizados com os blogs, podcasts, Wikipédia e Twitter. Além disso, devem saber utilizar correctamente o teclado do computador e o corrector ortográfico.

in IOL Diário

Apesar de não ver nada de mal nesta proposta, não sei até que ponto será necessário introduzir estes “assuntos” no ensino primário… As crianças de hoje parecem já nascer a saber mandar SMS‘s, criar um blog ou uma conta no Messenger. Quem precisará de formação será a grande maioria dos professores!!

Ler também:


Technorati : , , , ,
Del.icio.us : , , , ,
Flickr : , , , ,
Buzznet : , , , ,
Riya : , , , ,

Adicionar artigo ao blinklist Adicionar ao Ueba Adicionar aos Favoritos BlogBlogs Adicionar artigo ao Del.icio.us Adicionar artigo ao Digg! Adicionar artigo ao DiHitt Adicionar artigo ao Furl Adicionar esta noticia no Linkk Envie este link para linkTo! Adicionar artigo ao Rec6 Adicionar artigo ao reddit Adicionar artigo ao Slashdot Adicionar site ao Stumble Adicionar aos Favoritos Technorati Adicionar ao Ueba Sabedorize esta notícia no WebSapiens Adicionar artigo ao Windows Live Adicionar ao Yahoo!

Quer ter estes botões no seu site? Acesse

Windows Vista e Second Life disputam “fiasco do ano”

Já foram apresentados os candidatos à edição deste ano dos Fiasco Awards, uma iniciativa que tem como objectivo distinguir os projectos tecnológicos que se revelaram um fiasco em 2008. O mundo virtual Second Life e o sistema operativo Windows Vista são dois dos finalistas.

Sob o lema «Deus distingue os tolos», os prémios Fiasco são o equivalente aos prémios Razzies para os Óscares de Hollywood, que premeiam os piores filmes do ano, e têm como objectivo «promover uma atitude positiva perante os fiascos».

Neste caso os promotores pretendem premiar os projectos desenvolvidos a nível mundial na área das tecnologias, que custaram milhões e não tiveram os resultados esperados ou foram bastante criticados.

Além do Second Life e do Windows Vista, a lista de finalistas inclui ainda o Lively, o mundo virtual do Google que não durou meio ano, ou o projecto One Laptop per Child, entre outros.

A entrega dos prémios vai ter lugar a 26 de Fevereiro em Barcelona. Até lá os cibernautas podem visitar o site da iniciativa para votarem naquele que consideram ser o fiasco tecnológico do ano.

in Sol

No próximo ano, parece-me que o Magalhães será um forte candidato a este prémio… :mrgreen:


Technorati : , , , , ,
Del.icio.us : , , , , ,
Flickr : , , , , ,
Buzznet : , , , , ,
43 Things : , , , , ,

Adicionar artigo ao blinklist Adicionar ao Ueba Adicionar aos Favoritos BlogBlogs Adicionar artigo ao Del.icio.us Adicionar artigo ao Digg! Adicionar artigo ao DiHitt Adicionar artigo ao Eu Curti Adicionar artigo ao Furl Adicionar esta noticia no Linkk Envie este link para linkTo! Adicionar artigo ao Rec6 Adicionar artigo ao reddit Adicionar artigo ao Slashdot Adicionar site ao Stumble Adicionar aos Favoritos Technorati Adicionar ao Ueba Sabedorize esta noticia no WebSapiens Adicionar artigo ao Windows Live Adicionar ao Yahoo!

Quer ter estes botões no seu site? Acesse

Sócrates “vende” o Magalhães

(…) O primeiro-ministro, José Sócrates, fez da sua primeira intervenção na Cimeira Ibero-Americana “um momento de promoção” do computador Magalhães, presente na mesa de trabalho dos 22 Chefes de Estado e de Governo.

Durante mais de cinco minutos Sócrates apresentou o Magalhães como sendo “o primeiro grande computador ibero-americano” dizendo mesmo que é uma “espécie de Tintim: para ser usado desde os sete aos 77 anos”. (…)

(notícia completa aqui)

socrates e chavez.gif

SócratesHugo, eu não te disse que se conseguia ver qualquer site da internet?! Aquilo dos filtros para crianças, foi para calar a imprensa…

Mário LinoAhhhhh??! 😯

Hugo ChavezMuy bueno, José… 😛

SócratesO Magalhães é porreiro, pá! 😉

Mário LinoAaahhhhhhh… :mrgreen:

A Intel, a Microsoft e a JP Sá Couto devem andar todas contentes… Arranjaram um primeiro-ministro que trabalha para eles!

Mas também estará a ser bem pago por isso… É justo! 🙄

Technorati : , , , , , ,
Del.icio.us : , , , , , ,
Flickr : , , , , , ,
Zooomr : , , , , , ,

Adicionar artigo ao blinklist Adicionar ao Ueba Adicionar aos Favoritos BlogBlogs Adicionar artigo ao Del.icio.us Adicionar artigo ao Digg! Adicionar artigo ao DiHitt Adicionar artigo ao Eu Curti Adicionar artigo ao Furl Adicionar esta noticia no Linkk Envie este link para linkTo! Adicionar artigo ao Rec6 Adicionar artigo ao reddit Adicionar artigo ao Slashdot Adicionar site ao Stumble Adicionar aos Favoritos Technorati Adicionar ao Ueba Sabedorize esta noticia no WebSapiens Adicionar artigo ao Windows Live Adicionar ao Yahoo!

Quer ter estes botões no seu site? Acesse

Perguntas absurdas sobre computadores

Os técnicos de informática estão acostumados a ouvir as perguntas mais estranhas possíveis, mas, às vezes, as questões são tão absurdas que os deixam atónitos, segundo conclusão da Robert Half Technology, uma empresa de tecnologia americana que realizou uma pesquisa a respeito.

“Por que esse rato sem fio não está conectado ao computador?” ou “Dá para vocês reiniciarem a internet?”, são algumas das pérolas reunidas pelos pesquisadores. Há quem tenha perguntado, inclusive, se havia um aplicativo capaz de rastrear extraterrestres.

A empresa, com sede na Califórnia, fez uma pesquisa com mais de 1.400 directores de departamentos técnicos de diversas companhias nos Estados Unidos, que lhes forneceram as perguntas mais inauditas que lhe foram feitas por parte dos colegas de trabalho durante uma consulta técnica.

Entre as mais curiosas estão:

“Meu computador disse para apertar ‘uma tecla qualquer’ para continuar. Onde fica a ‘tecla qualquer?”

“Dá para reordenar o teclado de forma que ele fique por ordem alfabética?”

“Que programa eu uso para saber as previsões meteorológicas para o ano que vem?”

Existem piadinhas muito conhecidas a circular na internet que acabam sendo verdadeiras entre alguns usuários mais ingénuos, como aqueles que acham que a bandeja do CD-ROM é mesmo uma espécie de porta-copos do computador.

Katherine Spencer Lee, directora executiva da Robert Half Technology, explica que essas perguntas servem para orientar os departamentos de suporte técnico a como lidar com os usuários.

“Estas perguntas engraçadas enfatizam a necessidade de que o pessoal de suporte técnico também demonstre mais paciência, simpatia e bom-humor”, esclarece ela.

in AFP

Uma lista com as melhores perguntas, em inglês, pode ser consultada aqui. 😆


Technorati : , , , , ,
Del.icio.us : , , , , ,
Flickr : , , , , ,
Zooomr : , , , , ,
43 Things : , , , , ,

Adicionar artigo ao blinklist Adicionar ao Ueba Adicionar aos Favoritos BlogBlogs Adicionar artigo ao Del.icio.us Adicionar artigo ao Digg! Adicionar artigo ao DiHitt Adicionar artigo ao Eu Curti Adicionar artigo ao Furl Adicionar esta noticia no Linkk Envie este link para linkTo! Adicionar artigo ao Rec6 Adicionar artigo ao reddit Adicionar artigo ao Slashdot Adicionar site ao Stumble Adicionar aos Favoritos Technorati Adicionar ao Ueba Sabedorize esta noticia no WebSapiens Adicionar artigo ao Windows Live Adicionar ao Yahoo!

Quer ter estes botões no seu site? Acesse

O fim da Web 2.0

A Web 2.0 poderá estar a chegar ao fim. A previsão é feita por uma empresa britânica, que defende que os anunciantes não vão gostar da ideia de terem as suas mensagens em páginas com os conteúdos criados pelos utilizadores. Um dos sectores ligados à Internet que vai ter um bom ano em 2008 será o comércio electrónico, prevê a SciVisum.

Estas são as principais previsões de um relatório apresentado pela empresa, especializada em testes de web, citado pelo portal VnuNet, onde o chief executive da SciVisum, Deri Jones, afirma que «os consumidores e as empresas vão continuar a ter uma atitude nómada em relação aos sites da Web 2.0, procurando a ’next big thing’ até o mercado se tornar saturado que os consumidores se irão desligar».

Também para 2008 o responsável prevê um mau ano para as lojas normais, que vão começar a diminuir os lucros.

«As lojas vão tentar eliminar activamente os problemas de fundo que afectam os seus sites e as vendas. Os que não o fizerem vão morrer na rua», adverte Deri Jones.

A empresa prevê que até 2020 os gastos realizados on-line vão subir dos 177 biliões de euros registados em 2006 até aos 220 biliões.

Quem irá ganhar com isto são as lojas que estejam um passo à frente dos concorrentes nesta área, realça o especialista, através da implementação de plataformas de comércio electrónico que irão alterar a forma como as compras são vistas actualmente.

in Sol

web2

Será?! ???:


Digg it! Compartilhar no Del.icio.us Adicionar ao Live Favorites Compartilhar no Google Bookmarks Compartilhar no Reddit Compartilhar no Ma.gnolia Compartilhar no Facebook Compartilhar no Technorati Compartilhar no Yahoo MyWeb Stumble It! Compartilhar no rec 6

Technorati : , , , ,
Del.icio.us : , , , ,
Ice Rocket : , , , ,